segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Sebrae/RJ realizará Missão Técnica com produtores da Região Serrana que participarão da Semana Internacional do Café

Dando continuidade às ações previstas no projeto Vocações da Cafeicultura Fluminense, do Sebrae/RJ - cujo objetivo é incentivar e promover a disseminação do conhecimento, o intercâmbio e o desenvolvimento da cultura cafeeira nas regiões Serrana, Noroeste e do Vale do Café - é que a instituição realizará uma Missão Técnica junto a produtores de Bom Jardim, entre outros municípios produtores, que participarão da Semana Internacional do Café (SIC), evento que acontecerá entre os dias 25 e 27 de outubro (de quarta a sexta-feira) no espaço Expominas, localizado na capital do estado que é o maior  produtor de café do país: Belo Horizonte (MG).

A Missão Técnica, subsidiada em 50% pelo Sebrae/RJ, proporcionará aos produtores locais a participação no maior encontro de cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores do país.


Durante a Semana Internacional do Café serão apresentadas diversas ações para milhares de profissionais do mundo, focadas nas áreas de Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo. Nos três dias de evento são esperados mais de 14 mil visitantes.

Ao todo serão 25 eventos simultâneos ocorrendo na SIC, incluindo: palestras (06), cursos (04), workshops (03), encontros (03), competições (02), premiações (02), exposição (Espresso Design) e provas de café para os frequentadores. Entre as competições e premiações acontecerão a 6ª Copa Barista, o Coffe of the Year 2017, além do 3º Torneio de Melhor Café Fairtrade do Brasil.

A programação completa e mais informações sobre a Semana Internacional do Café (SIC) podem ser vistas em:www.semanainternacionaldocafe.com.br/br/.

Os produtores de café da Região Serrana interessados em participar, ou de obter mais informações sobre o projeto Vocações da Cafeicultura Fluminense do Sebrae/RJ, podem entrar em contato pelo telefone (22) 2523-6908.

Artesã cordeirense representa o município na capital

Fabiana Gonçalves expõe suas peças no AquaRio

Faz tempo que a qualidade do artesanato cordeirense é reconhecida e que seus artífices disseminam a força da cultura local por onde passam. Dessa vez, o foco dessa arte tão elogiada foi Fabiana Gonçalves, que representou Cordeiro num dos pontos turísticos mais visitados da capital fluminense: o AquaRio, no Porto Maravilha.

Integrando espaço idealizado pelo Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, Fabiana expôs seus trabalhos para um público diversificado, que poderá adquirir peças de artesanato de municípios fluminenses com maior periodicidade. Cordeiro, Cabo Frio e Rio de Janeiro já se fazem representar e começam a divulgar e comercializar suas peças, alvo de muita curiosidade e já com vendas bem significativas.

Durante a solenidade de inauguração do espaço destinado aos artesãos fluminenses, o secretário de Estado de Turismo, Nilo Sérgio Felix, destacou a importância da abertura de um canal direto entre artistas e público consumidor, dizendo que, além de divulgar a arte, aumenta as oportunidades de negócios. “O que nos empolga é realmente poder fomentar o artesanato e consequentemente a cultura”, declarou o secretário Nilo Sérgio.

Parceira dedicada dos artesãos de Cordeiro, tendo inclusive visitado recentemente o município para entregar a Carteira Nacional de Reconhecimento Profissional, ao lado do diretor de Cultura Luiz Antônio Zica Medeiros e do prefeito Luciano Batatinha, a coordenadora do Programa de Artesanato do Estado, Nea Mariozz, avalizou os artistas cordeirenses representados por Fabiana. “Trata-se de um trabalho ímpar, feito por gente talentosa e que ama as artes”, definiu.

A artesã cordeirense, por sua vez, disse estar honrada em poder representar sua terra e os artistas que atuam no segmento do artesanato. “Estou aqui defendendo o talento e as artes de nosso município e divulgando a força do artesanato regional. Agradeço a todos que me auxiliaram em mais essa etapa, em particular ao prefeito Luciano Batatinha”, disse Fabiana.

Engenheiro japonês é recebido em Nova Friburgo para tratar de obras através do novo projeto Gides

Na manhã de quinta-feira, dia 19, o engenheiro Hiroshi Shimoosako, da empresa YEC – Yachiyo Engineering Co., Ltd, de Tóquio, foi recebido na Prefeitura de Nova Friburgo pelo vice-prefeito Marcelo Braune, representando o prefeito Renato Bravo. O subsecretário de Planejamento Urbano, Alexandre Sanglard, também participou da recepção ao visitante.

Durante o encontro foram mostradas algumas imagens em vídeo de ocorrências naturais no Japão em 1981 e 1999, com características semelhantes às registradas em Nova Friburgo em janeiro de 2011, o que aproximou o Japão de Nova Friburgo. Conforme citou Alexandre Sanglard, o que foi uma novidade para nós, os japoneses já demonstram experiência e repassam as providências adotadas por eles, através de obras e estrutura. Hiroshi Shimoosako apresentou também a Marcelo Braune e Alexandre Sanglard, o resumo de um projeto de barragem para contenção de detritos em grande quantidade, toda construída em aço.



O subsecretário de Planejamento Urbano explicou que se trata de um novo projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides) que vai utilizar os levantamentos feitos pelo projeto Gides anterior, em fase de conclusão no Brasil. Porém, Nova Friburgo foi ofertada com a continuação desse projeto no 'eixo obras'. Com isso, foi apresentado ao vice-prefeito uma minuta do novo convênio a ser desenvolvido a partir de abril de 2018, conforme previsão inicial.

O foco principal do novo projeto será a solução técnica da erosão da encosta por trás do Hospital São Lucas. Já existe um levantamento e um estudo preliminar, e agora, os japoneses, ministérios envolvidos e Prefeitura partem para o projeto executivo, a fim de conseguir junto ao governo federal os recursos necessários para a execução da obra, que, de acordo com os japoneses e equipes dos ministérios, já estariam previstos.

Escola Sem Partido: O que você precisa saber!

A família educa e a escola ensina! Inclusive, na Declaração Universal dos Direitos Humanos, em seu artigo 26, inciso 3, diz que: Aos pais pertence a prioridade do direito de escolher o gênero de educação a dar aos filhos. Ou seja, não é um professor, dentro de sala de aula, que vai definir o que uma criança deve seguir, gostar ou comungar. Um professor não tem o direito de dizer a um jovem em qual partido ele deve votar ou qual religião deve seguir. O professor tem o dever de respeitar o tipo de educação e doutrinação que cada pai escolheu para os seus filhos. Essa é a proposta do Escola Sem Partido!


"A pretexto de transmitir aos alunos uma “visão crítica” da realidade, um exército organizado de militantes travestidos de professores prevalece-se da liberdade de cátedra e da cortina de segredo das salas de aula para impingir-lhes a sua própria visão de mundo" - diz Miguel Nagib, autor do projeto Escola Sem Partido.

Não permita que nenhum menor sob a sua responsabilidade vire massa de manobra dessa militância. A escola pode, e deve, passar uma visão global do mundo, dos partidos, das religiões etc, mas doutrinar, não!

Confira a apresentação do Escola Sem Partido, por seu idealizador, o professor Miguel Nagib:

domingo, 22 de outubro de 2017

CPI dos Maus-tratos discutirá exposição com artista nu em museu de São Paulo

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-tratos realizará duas audiências públicas, com o objetivo de ouvir esclarecimentos sobre a interação de uma criança com um artista nu durante exposição do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM). As audiências serão realizadas na  segunda e terça-feira (23 e 24), no auditório do Ministério Público do Estado de São Paulo.


No dia 23, o debate será feito por juízes, promotores, procuradores e profissionais que atuam diretamente na coordenação de apoio operacional da infância e juventude. O objetivo é auxiliar a CPI com informações e procedimentos adotados. 

Já no dia 24, a CPI escutará diversos depoimentos. Foram convidados a depor, entre outros, o curador do Museu de Arte Moderna de São Paulo, Felipe Chaimovich; o curador da polêmica exposição “35º Panorama da Arte Brasileira - Brasil por Multiplicação”, Luiz Camillo Osorio e o artista Wagner Schwartz, que ficou nu na presença de uma criança durante sua performance artística.

Nessa mesma oitiva, também será tratada a questão indígena envolvendo crianças. O coordenador da Fundação Nacional do Índio (Funai) , Cristiano Vieira Gonçalves, fará alguns esclarecimentos sobre denúncias que chegaram a CPI.

"São várias atrocidades em nome de uma cultura que precisam ser esclarecidas" — destacou o senador Magno Malta, presidente da CPI.

Homem não deve levar celular no bolso

Os rapazes que pretendem ser pais um dia, não devem andar com celular no bolso, pois o impacto das ondas eletromagnéticas do celular podem influenciar na fertilidade masculina, segundo avaliação do Instituto Technion, em Israel.


Os pesquisadores examinaram 100 homens e descobriram que quase 50% dos homens que ficavam com o celular no bolso o dia todo tinham a fertilidade seriamente diminuída. A taxa caía para 11%, quando considerada os homens em geral. Segundo o estudo, dormir com o celular na cama também é capaz de diminuir a contagem de espermatozoides.

A provável justificativa para a redução da fertilidade masculina é o aquecimento dos espermatozoides causado pela atividade eletromagnética do telefone.

Os pesquisadores recomendam que o homem mantenha o celular longe do corpo, numa mochila, por exemplo, ou  sempre que possível, que o tire o aparelho do bolso e o deixa numa mesa ou algo assim.

Fica a dica!

Confira também:


Com informações de Bolsa de Mulher

Novembro deverá permanecer na bandeira vermelha, patamar 2

Se o tempo não colaborar, e a chuva não cair, o mês de novembro poderá permanecer na bandeira vermelha, no patamar 2, que adiciona R$ 3,50, a cada quilowatt-hora (Kwh) consumido, avaliou a ANEEL.


A Agência determinou que as concessionárias de distribuição de energia elétrica realizem, no mês de novembro de 2017, campanha para orientar e estimular o consumidor a usar a energia elétrica de forma eficiente e combater desperdícios. A iniciativa, deliberada na reunião pública da Agência,  atende a recomendação do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), face à falta de chuvas que se prolonga neste ano.

Dicas de Economia

Chuveiro elétrico

Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos
Selecionar a temperatura morna no verão
Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Ar condicionado

Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado
Manter os filtros limpos
Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado
Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Geladeira

Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário
Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções
Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira
Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos
Não forrar as prateleiras
Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Iluminação

Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras

Ferro de passar

Juntar roupas para passar de uma só vez
Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura
Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

 Aparelhos em stand-by

Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências

sábado, 21 de outubro de 2017

Prefeito Bravo faz prestação de contas da semana

No vídeo divulgado nesta sexta-feira, dia 20, o prefeito Renato Bravo destacou a mídia espontânea positiva do jornal O Globo, no último final de semana, onde mostrou a guinada de Nova Friburgo (para conferir o vídeo da matéria, clique AQUI).

O prefeito destacou também a sua ida a Brasília em busca de emendas parlamentares para a cidade.

Aumenta a expectativa para cessão de colégio de Cordeiro ao IFF

Educandário passa por vistoria e deve abrigar Campus do Instituto

Mais um grande passo em busca de uma conquista educacional inédita para o município de Cordeiro – em especial para os jovens que almejam um diploma técnico ou universitário – foi dado na quinta-feira, 19, quando um servidor do Governo do Estado vistoriou as dependências do Colégio Agrícola Ítalo Mileno Lopes, localizado no interior do Parque de Exposições Raul Veiga, no centro da cidade.


O funcionário de carreira – responsável pelos serviços que fiscalizam e atualizam os bens patrimoniais pertencentes ao Poder Executivo estadual – realizou procedimentos de inspeção com o objetivo de dar continuidade ao processo visando à cessão do prédio, pelo Governo do Estado, ao Instituto Federal Fluminense (IFF), cuja finalidade é implantar em definitivo um Campus do IFF no município.

Recentemente, em viagem ao Rio de Janeiro, mais precisamente ao Palácio Guanabara, a vice-prefeita de Cordeiro, Maria Helena – acompanhada dos vereadores Róbson Careca e Furtuoso Lopes – fez chegar às mãos do governador Luiz Fernando Pezão o oficio solicitando a doação do espaço físico no Parque de Exposições. E as três lideranças cordeirenses novamente acompanharam com interesse a vistoria, outra vez em companhia de Rubens Zanon, diretor da Unidade de Formação do IFF em Cordeiro.

Unidos pela conquista – que além de garantir um futuro promissor e abrir novas oportunidades para os estudantes cordeirenses, beneficiaria toda região – Executivo e Legislativo apostam nos ideais de educação como forma de manter a dignidade humana.  “Essa cessão se converterá em cursos técnicos e universitários gratuitos, oportunizando formação qualificada, aquecendo a economia e trazendo desenvolvimento. Trata-se de um sonho que estamos materializando”, se empolgou a vice-prefeita de Cordeiro.

Para a população compreender os trâmites legais, é importante ressaltar que o Instituto Federal Fluminense só pode ampliar a Unidade de Formação de Cordeiro, ação precedente à criação do Campus Avançado, de posse do documento oficial de cessão. O Colégio Ítalo Mileno Lopes pertence ao Governo do Estado e precisa dessa outorga para que seja compartilhado com a União, que é a real responsável pela atuação do IFF.

Já entregamos um segundo ofício ao governador e estamos otimistas quanto a uma resolução rápida e positiva para comemorarmos essa conquista, que, como venho dizendo, será um divisor de águas para a educação de Cordeiro. Agradeço a todos os empenhados nessa tentativa”, emendou Maria Helena.

Empresa de Nova Friburgo é uma das vencedoras do prêmio estadual Rio Produtivo

Na quinta-feira, 19 de outubro, a farmácia Fórmula Exata de Nova Friburgo foi uma das vencedoras do prêmio estadual ‘Rio Produtivo 2017 – Melhores Casos de Sucesso’. O evento de premiação aconteceu no Instituto Dannemann Siemsen, em Botafogo, na Capital Fluminense. A empresa foi considerada uma das melhores em relação a iniciativas de gestão e inovação que resultaram na melhoria significativa de produtividade. As outras vencedoras foram: Angu do Gomes, do Rio de janeiro e Hélio Hortifruti, de Volta Redonda.


Para o administrador Vinícius Thurler, representante da Fórmula Exata, a premiação vem para coroar o esforço de toda equipe de trabalho e dos proprietários da farmácia, que investiram tempo e muito esforço para torná-la o que é hoje: uma empresa referência em gestão, qualidade de produtos e prestação de serviço. “Estou feliz de conquistarmos esse prêmio. Isso mostra que estamos no caminho certo na busca por uma gestão que melhora a produtividade e gera resultados muito positivos. É uma prova de que através de investimento em gestão e inovação podemos aprimorar nossos processos internos e nosso atendimento aos clientes, nos tornando uma empresa cada vez melhor e mais bem estabelecida no mercado”, comentou.

Entre as iniciativas de inovação que geraram aumento de 30% na produtividade da Farmácia Fórmula Exata, em pouco mais de um ano, estão: adesão ao programa de inovação e tecnologia Sebraetec, melhoria da Gestão do Estoque, mudança do lay-out interno, treinamento e ambientação de pessoal, investimento em softwares e utilização de ferramentas virtuais para potencializar seu negócio.

Para Luiz Borges, analista do Sebrae/RJ responsável pelo evento Rio Produtivo, o evento reuniu empresas que podem servir de exemplo para outros empreendimentos no estado, por justamente buscarem soluçoes que promovem a melhoria de sua produtividade. “Todos os nove finalistas apresentaram propostas e iniciativas que podem servir de norteador para outras empresas, já que todas elas passaram praticamente pelos mesmos processos até encontrarem o caminho ideal para sua gestão e melhoria de resultados internos e de mercado”, ressaltou.


O Rio Produtivo faz parte do 4º Fórum de Produtividade do Sebrae/RJ que foi realizado em cinco regiões do estado do Rio de janeiro. Em cada cidade onde ocorreu uma etapa do evento (Teresópolis, Rio de janeiro, Campos dos Goytacazes, Cabo Frio e Volta Redonda), empresas apresentaram seus cases de inovação e produtividade.

As primeiras colocadas de cada etapa (cinco ao todo) e as quatro melhores segundas colocadas tornaram-se as finalistas (nove ao todo) do prêmio ‘Rio Produtivo 2017 – Melhores Casos de Sucesso’.

O que é o Sebraetec

É um programa nacional do Sistema Sebrae que promove a adesão das empresas a ferramentas de inovação e tecnologia que melhoram a produtividade, ao mesmo tempo em que aproxima prestadores de serviços tecnológicos dos pequenos negócios, onde ocorrem consultorias técnicas customizadas, com subsídio de 70%.

Para obter mais informações sobre o Sebraetec, os interessados devem entrar em contato com o Sebrae/RJ pelo telefone (22) 2523-6908.

Palestra: Tributação de Cachaça e o Simples Nacional nesta segunda

Atendendo à grande demanda de empresários do setor de Cachaças do estado, o Sebrae/RJ abriu inscrições para que todos os produtores e respectivos contadores das regiões Serrana e Sul Fluminense participem da palestra gratuita: “Tributação de Cachaça e o Simples Nacional”, que será realizada no dia 23 de outubro, na sede do Sebrae/RJ, que fica na Rua Santa Luzia, nº 685 - 9º andar, centro do Rio, das 13h30 às 16h.

O objetivo da iniciativa é aprimorar e atualizar o conhecimento dos agentes direta ou indiretamente envolvidos na cadeia produtiva da bebida em saber qual é o modelo tributário mais adequado para seu negócio e, além disso, também mostrar aos participantes simulações de como ficará a tributação através do Simples Nacional para as bebidas alcoólicas.

Na palestra “Tributação de Cachaça e o Simples Nacional” serão abordados os seguintes tópicos:

- Impostos federais;
- Impostos estaduais;
- Substituição tributária, com exemplos práticos de como calcular;
- Aplicação de pauta ou Margem de Valor Agregado ou Ajustado (MVA);
- Simples Nacional para as bebidas alcoólicas com simulação de como ficará a tributação.

A palestra será ministrada por Cristiano Lamego, que é presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) e superintendente executivo do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SindBebidas-MG).

Os contadores e/ou produtores de Cachaça da Região Serrana que estiverem interessados em se inscrever, ou de obter mais informações sobre a palestra, devem entrar em contato pelo telefone (22) 2523-6908.

Objetivos e importância

De acordo com Márcia Moreira, analista do Escritório Regional Serrana I do Sebrae/RJ responsável pelo projeto da instituição: “Cachaça de Alambique” em Nova Friburgo e região do entorno, o objetivo é promover a produção local da cachaça como parte de uma identidade cultural, ao mesmo tempo em que associa essa atividade de grande potencial de desenvolvimento à questões de qualidade, aprimoramento técnico, econômico e social. 

A analista destaca que a participação dos contadores da Região Serrana será muito importante, já que são eles que, na realidade, podem mostrar com segurança quais são os tributos e como calculá-los, no caso especifico de cada empresa, devido principalmente à existência de muitas regras e exceções na legislação brasileira.

Dados

Atualmente, o projeto “Cachaça de Alambique”, do Sebrae/RJ, trabalha com 40 empreendimentos do segmento de Cachaça e bebidas mistas, que estão concentrados nas regiões Serrana e Sul Fluminense. Desse total, 26 são micro e pequenas empresas e 14 produtores são considerados potenciais empresários.

A cachaça é hoje a segunda bebida mais consumida no mercado interno, perdendo apenas para a cerveja e é reconhecida como tipicamente brasileira, tornando-se aposta do setor de destilados.

Produzir cachaça ou pinga, principalmente de maneira artesanal, é uma maneira de investir num negócio com grande potencial de crescimento, pois antes estigmatizada, agora a bebida assume status de produto sofisticado, graças aos investimentos em qualidade e  marketing e também nas tecnologias, para diversificação da produção.

Devido à expansão mercadológica, a cachaça pode ser encontrada nos mais diversos tipos de bares, restaurantes, hotéis e casas noturnas de todo o país, inclusive nos ambientes mais refinados.

As cachaças de alambique conquistam cada vez mais consumidores das classes A e B e são em sua maioria produzidas artesanalmente em propriedades rurais do interior do estado do Rio de janeiro.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana faz alteração no trânsito de Conselheiro Paulino

Em razão da necessidade da implantação de cortinas junto às margens do Rio Bengalas, para conclusão dos serviços de execução de parte da canalização do rio, a Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana de Nova Friburgo autorizou a interdição da Avenida dos Ferroviários, no distrito de Conselheiro Paulino, do próximo dia 23 a 30 de outubro – no trecho compreendido entre o Educandário Espaço do Saber, 36, ao estabelecimento comercial de número 90, da estaca E250 à E256.